Tratamento para mau hálito

Tratamento para mau hálito

Existe sensação pior do que afastar as pessoas devido ao mau hálito? Muitas vezes, quem sofre dessa disfunção nem ao menos percebe o odor desagradável que está exalando. Conhecido também como halitose, o mau hálito pode ocorrer devido a fatores variados. Por meio dele, identifica-se que há algo em desequilíbrio no organismo. Quase a totalidade dos casos que exigem tratamento para mau hálito tem origem bucal, enquanto cerca de 8% podem ter origem extrabucal – relacionadas às vias áreas, de origem metabólica ou associadas ao desequilíbrio de algum sistema, a exemplo do digestivo.

Entre as principais causas relacionadas à origem bucal, destaca-se a doença periodontal, também conhecida como gengivite. Além dessa disfunção, pode haver a saburra lingual, uma camada esbranquiçada que se forma sobre a língua devido à diminuição na produção de saliva ou descamação epitelial. Quando o odor está relacionado ao metabolismo, pode ter relação com a diabetes, hipoglicemia e problemas renais ou intestinais. No caso do comprometimento das vias aéreas, a causa mais comum diz respeito aos cáseos amigdalianos, aglomerados que se formam nas cavidades das amígdalas da mesma forma que a saburra lingual. Esse último comprometimento, junto às doenças da gengiva e à saburra lingual, representa quase 100% dos casos.

Diferenciais do tratamento para mau hálito

O primeiro passo para o tratamento para mau hálito deve ser dado no sentido de identificar o que se passa com o organismo para que tal odor se apresente. Por exemplo, nos casos de saburra lingual e cáseos amigdalianos, a causa pode estar relacionada a fatores emocionais, como excesso de estresse. Além desses fatores, excesso de álcool, apneia ou uso de aparelho ortodôntico podem gerar a redução da saliva, descamação do epitélio e mau hálito. No caso das doenças da gengiva, essas podem decorrer devido a vários fatores, como cáries, excesso de tecido gengival, abscessos, entre outros. É importante visitar o dentista para ter um diagnóstico preciso.

O profissional poderá avaliar a causa do desequilíbrio do organismo que causa os odores ou, possivelmente, indicar o auxílio de outros profissionais. Com a causa definida, fica muito mais simples encaminhar o paciente adequadamente para o tratamento para mau hálito. Escovar os dentes da forma correta, manter uma alimentação saudável e ter uma vida equilibrada são fatores que auxiliam a evitar o mau hálito. Mas esse mal que atinge boa parte da população pode ser tratado e eliminado. Assim, o paciente recupera a saúde e também a autoestima, sentindo-se à vontade novamente para interagir com outras pessoas.

Fale com os nossos especialistas e saiba mais sobre o tratamento para mau hálito

Mau hálito é uma condição incômoda que pode prejudicar o dia a dia e os relacionamentos de quem sofre com ele. Mas, como bem dissemos, é uma condição. Ou seja, algo que pode ser tratado e curado. Para se livrar desse incômodo, não deixe de procurar tratamento para mau hálito o quanto antes. Assim, poderá se sentir mais saudável e confortável para se relacionar com os outros. Surgiram dúvidas em relação aos sintomas, tratamento ou procedimentos para cada caso? Entre em contato conosco agora mesmo que estamos à disposição para sanar quaisquer dúvidas.