Tratamento de gengiva

Várias doenças acometem a boca. No entanto, a gengivite e a periodontite são as mais comuns. E, para que tudo volte ao normal e a pessoa se sinta bem novamente é necessário fazer um tratamento de gengiva.

A gengivite é uma inflamação que acomete a gengiva devido ao depósito de placa bacteriana. Essa inflamação pode comprometer um ou mais dentes. No entanto, em sua fase inicial nem o osso nem o tecido alveolar que fixa o dente são afetados. Mas, quando a higiene bucal não é feita corretamente a inflamação da gengiva pode progredir. Assim, algumas substâncias que estão presentes na saliva irão se fixar na placa bacteriana e intensificarão o seu processo inflamatório.

Dessa forma, criarão condições favoráveis para que haja a formação da bolsa periodontal que é responsável por afastar a gengiva dos dentes e favorecer a contaminação por bactérias além de promover o desenvolvimento do cálculo gengival ou do tártaro. A periodontite é uma doença que compromete os tecidos que estão ao redor do periodonto (dente) que são responsáveis por manter sua sustentação. Assim, ela pode provocar a reabsorção do osso, a retração da gengiva, fazer com que os dentes se movam e, na pior etapa, haverá a perda dos dentes.

É para evitar que essa perda ocorra que o paciente deve procurar um dentista no início dos sintomas e, assim, começar o seu tratamento de gengiva para poder sorrir novamente sem nenhum problema.

Diferenciais do tratamento de gengiva

O tratamento de gengiva pode se dar de forma semelhante entre essas doenças. O que vai indicar qual o melhor tratamento é o estágio que elas se encontram. Afinal, tanto a gengivite quanto a periodontite são causadas pela inadequação da higiene bucal que possibilita um acúmulo de placa bacteriana tanto nos dentes quanto na gengiva.

No tratamento da gengivite é necessário remover a placa bacteriana e o cálculo, fazer uma boa higiene oral além da manutenção e fazer retornos periódicos ao dentista. Quando se faz o retorno periódico o profissional examinará o paciente a fim de verificar se a saúde continua mantida e se estão sendo controlados os fatores que provocaram a doença. Se houver a reincidência da doença é que será iniciado um novo tratamento.

No caso da periodontite, o tratamento é quase igual ao da gengivite quando há pequenas perdas ósseas. Mas, se o osso de suporte tiver uma destruição mais extensa, em alguns casos, é necessário fazer um tratamento cirúrgico que tem a finalidade de eliminar ou reduzir a profundidade das bolsas periodontais. É muito importante que se faça retornos periódicos.

Mas essas não são as únicas causas. Outros fatores que influenciam o seu surgimento são:

  • Posição do dente irregular
  • Má oclusão
  • Tártaro
  • Falta de tratamento restaurador
  • Caries
  • Produção de saliva baixa
  • Cigarro
  • Determinados medicamentos
  • Exposição a metais pesados como o chumbo, por exemplo.

Fale com os nossos especialistas e saiba mais sobre tratamento de gengiva

O tratamento de gengiva deve ser procurado assim que o paciente perceba que algo não está certo. Quando, por exemplo, ao escovar os dentes a gengiva sangra ou se ele sente muita sensibilidade nos dentes com uma comida fria ou quente. Ficou com alguma dúvida quanto ao tratamento de gengiva? Então entre em contato com um de nossos especialistas para tira-la. Compartilhe essas informações e deixe sua opinião e comentário.

Tags

Talvez você goste também

Siga A Life Sorrisos

Postagens Recentes

Curta Nossa Página

WhatsApp
1