Aparelho ortodôntico

Aparelho ortodôntico

Atualmente, a procura por aparelho ortodôntico tem aumentado de forma significativa nas clínicas odontológicas do Brasil, já que as pessoas tem procurado sempre manter um sorriso prefeito. Porém, não é apenas este detalhe que está em questão, já que algumas pessoas têm necessidade de usar aparelhos nos dentes. Você quer tirar as dúvidas sobre o tema? Então, faça uma leitura deste artigo que foi especialmente desenvolvido para sanar questionamentos das pessoas.

Engana-se quem pensa que são apenas os jovens que procuram tratamentos odontológicos, com a ajuda de aparelhos, visto que nos últimos anos tem aumentado a procura desse tipo de tratamento nas populações de idosos, ou Melhor Idade. Hoje, os financiamentos de tratamentos de dentes em diferentes plataformas contribuíram para que as pessoas procurassem tratamentos ortodônticos, de forma muito mais frequente do que em outras décadas.

Segundo a Associação Paulista de Ortodontia, cerca de 50% dos pacientes que utilizam aparelhos ortodônticos são adultos. Você sabia que somente na última década ocorreu um aumento de 40% no número de pessoas que procuraram uma clínica odontológica para colocar um aparelho odontológico? A preocupação com a estética contribuiu com este aumento, mas as pessoas também procuram tratamento por terem problemas sérios relacionados à dentição.

Há dois tipos de aparelhos ortodônticos: os transparentes e os convencionais. Porém, muitas pessoas têm procurado fugir do “sorriso metálico” e acabam usando os aparelhos transparentes, que são bem mais caros, além de uma manutenção com alto custo.

Diferenciais de aparelho ortodôntico

Um aparelho ortodôntico serve para realizar alinhamento dos dentes, sendo composto por bráquetes, que podem ser metálicos, plásticos ou cerâmicos, sendo colados aos dentes através de uma substância adesiva. Há ainda um arco que serve de sustentação e de guia para a correção.

Como já dissemos existem dois tipos de aparelhos ortodônticos: os convencionais e os auto ligáveis. Geralmente, o paciente passa por uma manutenção mensal, mas em casos especiais esse tipo de averiguação pode ser menor, dependendo muito do tratamento que o paciente de forma específica está sujeito.

Durante esta manutenção, o dentista realiza o aperto, que ocorre de forma regular, do aparelho, servindo para que os dentes se movam no sentido desejado. No tratamento convencional os dentistas utilizam as famosas borrachinhas nos bráquetes, além de outros acessórios, como molas e elásticos.

Porém, estes acessórios não são utilizados em tratamentos com aparelhos fixos auto ligáveis, visto que nestes casos o procedimento possui um sistema moderno e tecnológico, fazendo com que seja abolido o uso dos bráquetes, o que ajuda a manter uma higiene mais adequada para o paciente que passa pelo tratamento de dentes.